top of page
rabisco 2.png

Interpretação de Rabiscos Infantis

Sabe aquele momento em que a criança começa a rabiscar parede, chão, papel, tudo que vê pela frente e tenta representar o que vê ao seu redor, de maneira espontânea e livre, mas que passa despercebido aos olhos dos adultos ou quando os mesmos percebem, a boca logo diz: “aí não pode”?
Então. Esses rabiscos, chamados de garatujas, são fundamentais para o desenvolvimento cognitivo da criança.


O que são garatujas?

 

Garatujas são os primeiros traços que a criança produz, por meio de rabiscos de maneira inconsciente, com direção e tamanhos variados, repetidos várias vezes.
 

São rabiscos que fazem parte do desenvolvimento e que são imprescindíveis para a estimulação da psicomotricidade fina e preparação para a escrita. Além de promover autonomia, autoconfiança e compreensão do mundo à sua volta é um aporte para a construção da sua personalidade.

Quais são as fases e características da garatuja?

 

Descontrolada, controlada e nomeada (dos dezoito meses aos quatro anos de idade).

O que você vai aprender?


• As garatujas na visão de autores, como: Luquet, Piaget, Lowenfeld, Brittain, Crotti, Magni, dentre outros;
• As fases e características das garatujas;
• As cores como segundo plano nas garatujas. Por que o cãozinho é azul?
• Interpretar o que os pequenos querem nos dizer, bem como suas emoções e sentimentos, quer sejam positivos ou negativos por meio desses “rabiscos”.
• O mais importante: como conhecer melhor para motivar, encorajar, apoiar o seu filho, aluno, aprendente ou paciente, a fim de que cresça com autonomia, autoconfiança e feliz.

Curso com certificado de 40 horas.

de R$260 por

12x R$ 15,70

ou R$ 157,00 à vista

bottom of page